Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Todas as atividades devem ser liberadas em Pernambuco até 9 de novembro, afirma secretário

Em coletiva online, o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Bruno Schwambach, revelou que todo o Estado de Pernambuco deve estar na última etapa do Plano de Convivência até o dia 09 de novembro, se os casos do novo coronavírus seguirem estabilizados. Isso significa o avanço para a Etapa 11 e o retorno de todas as atividades, com novos protocolos para autorizar a reabertura do serviço público (100% da capacidade), salões de beleza, comércio varejista, serviços médicos, odontológicos, veterinários; serviços de alimentação; feira e polo de confecção; shoppings, centros comerciais e praças de alimentação; museus, cinemas e parques de diversão; e locais para prática esportiva.

”A previsão é no dia 26 de outubro, se os dados permitiram, a gente ter as cinco gerências regionais entrando na fase azul, que é a Etapa 11. O cronograma que divulgamos tem a previsão de cada gerência entrando na fase azul até o dia 9 de novembro. Entre os dias 26 de outubro e 9 de novembro, vamos ter todas as etapas planejadas entrando em vigor e permitindo que todas a atividades econômicas possam ter a oportunidade de funcionar, como todos os protocolos gerais, específicos e carga específicas. A gente vem implantando de forma gradual para analisar o reflexo de cada segmento nos dados da pandemia (do novo coronavírus). A partir da Etapa 11, nós vamos entrar no novo normal. Nossa previsão é que até o dia 9 de novembro, se tudo correr como planejado, vamos ter todo o Estado dentro da fase azul”, contou Bruno Schwambach.

Atualmente, as regiões de Pernambuco se encontram na Etapa 10, que permitiu o aumento da capacidade de todos os três tipos de eventos para até 300 pessoas, ou 50% da capacidade do estabelecimento. Ficam liberados os parques de diversão, temáticos e similares, com novos protocolos. Os eventos sociais, culturais e corporativos podem aumentar a capacidade para até 300 pessoas, ou 50% da capacidade do estabelecimento. Vale lembrar que o Governo de Pernambuco prorrogou o estado de calamidade por mais 180 dias devido à pandemia do novo coronavírs.

Eventos com até 1,5 mil pessoas
O secretário Bruno Schamwbach já havia dado a previsão para liberar, a partir do dia 03 de novembro, a realização de eventos com até 1,5 mil pessoas. Ainda de acordo com o secretário, o Governo de Pernambuco está recebendo os pedidos para realização de eventos sociais, culturais ou corporativos desde o dia 12 de outubro. No entanto, as solicitações irão passar por alvarás individuais de liberação, incluindo pelo crivo da vigilância sanitárias.

 

Fonte: TV Jornal

Deixe seu comentário:

Curta no social

Curta no Facebook