Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Laudos sobre deslizamento que matou sete no Recife ficam prontos até junho, diz Compesa - Rádio Maranata 103.9fm

Laudos sobre deslizamento que matou sete no Recife ficam prontos até junho, diz Compesa

Para saber as causas do acidente deslizamento que vitimou sete pessoas no Córrego do Morcego, em Dois Unidos, na Zona Norte do Recife, a presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Manuela Marinho, afirmou, na quinta-feira (20), que o resultado das análises deve ficar pronto entre os meses de maio e junho .

O deslizamento de barreira ocorreu em 24 de dezembro de 2019 e também é investigado pela Polícia Civil.

“Estão sendo feitos mais ensaios que os especialistas solicitaram e estamos aguardando esses ensaios ficarem prontos. Após isso, acreditamos que a gente vai poder saber as causas entre maio e junho”, afirmou Manuela. Uma das hipóteses investigadas é de um vazamento de água dentro da barreira. Não chovia no dia do incidente.

Um mês após o acidente,  no local do deslizamento  queixas dos moradores a respeito da falta de assistência da Compesa. Na época, as pessoas que moram no local afirmaram não receber ajuda psicológica que foi oferecida pela instituição

a presidente da Compesa negou a falta de ajuda. “O governo do estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, vem prestando apoio às famílias em todos os sentidos, na área psicológica, na área emocional”, disse.

Para evitar que outros acidentes ocorram em barreiras do Recife, Manuela afirmou que há equipes trabalhando para analisar as tubulações e o abastecimento em áreas de morro.

“Temos uma equipe permanente que analisa o comportamento do nosso abastecimento. Vale salientar que nós iniciamos no ano passado uma obra de R$ 38 milhões nos morros da Zona Norte, para melhor atendimento, eficiência e melhoria do sistema”, informou.

Segundo Manuela, é possível entrar em contato com a Compesa por meio dos telefones 0800 081 0185 e 0800 081 0195 para abrir chamados a respeito de vazamentos, abastecimento e outros problemas.

Fonte: G1

Deixe seu comentário:

© Direitos reservados - Rádio Maranata